Bomba à Roda D’água: Como funciona?

A Roda D’água como solução econômica de bombeamento está sob os holofotes e muitos produtores rurais estão em busca de alternativas reais para reduzir os custos de produção agrícola.

Utilizar sua própria água para o consumo no campo sem ter que pagar nada para a concessionária de energia pode parecer uma tarefa quase impossível, porém, neste artigo você vai descobrir que existe uma saída sustentável e econômica.

Se você está pronto para mergulhar no universo da Roda D’água e otimizar a sua propriedade rural através do uso de uma energia alternativa, continue a leitura deste artigo que te ajudará muito em sua busca.

O seu bolso, a sua família e a natureza serão eternamente gratos!

roda-dagua-rochfer

Qual é a função de uma Bomba à Roda D’água?

Rios, lagos e mananciais estão disponíveis em propriedades rurais de todo o Brasil, e podem ser utilizados não apenas para suprir as necessidades de consumo como também para acionar uma Bomba à Roda D’água.

A principal função de uma Bomba acionada por Roda D’água é bombear água a longas distâncias e alturas, levando a água desde a fonte até o local de abastecimento utilizando apenas a força da própria água como energia, sem a necessidade de energia elétrica.

Quais são os componentes de uma Bomba à Roda D’água?

O conjunto é composto basicamente por uma Bomba equipada de dois Pistões, o Suporte e uma Roda D’água para o acionamento. A Bomba e Roda podem ser de diversos tamanhos e capacidades, de acordo com as características do local e da necessidade de consumo.

Este tipo de equipamento é classificado como Bomba de pressão, provida de Pistões de recalque e de movimento alternado com deslocamento positivo, a água é comprimida pelo movimento de um Pistão enquanto o outro realiza a sucção ocasionado pelo vácuo no interior do Cilindro.

Sua capacidade de bombeamento está diretamente associada com o volume de água deslocado a cada movimento de compressão dos Pistões, que podem ter diversos diâmetros e percorrem uma determinada distância, o que é chamado de curso.

A utilização de uma Bomba à Roda D’água colabora e muito para uma produção sustentável e perene, pois, utiliza energia limpa e com pouca quantidade de água já é possível acionar o equipamento, que é dimensionado para cada necessidade de consumo, funcionando 24 h por dia e sem poluir a natureza com zero gasto de energia elétrica por décadas.

Quais são as vantagens da Roda D’água?

A utilização de uma Bomba à Roda D’água colabora e muito para uma produção sustentável e perene pois utiliza energia limpa e com pouca água já é possível acionar o equipamento, que é dimensionado para cada necessidade de consumo, funcionando 24 h por dia e sem poluir a natureza com zero gasto de energia elétrica por décadas a fio.

Destacamos a seguir apenas 6 de muitos benefícios que uma Roda D’água oferece, vamos conferir?

  • Zero consumo de energia elétrica
  • Necessita de pouca água para funcionar
  • Utiliza energia limpa e renovável
  • Baixíssima manutenção
  • A confiabilidade que só uma Roda D’água oferece
  • Não necessita de mão de obra especializada.

Interessante não é mesmo? Sua fazenda pode se tornar um exemplo de sustentabilidade e agregar muito valor a sua terra.

Isso mesmo, a Roda D’água pode mandar água para locais inimagináveis e alavancar fortemente a sua produção agrícola.

Zero gasto com energia elétrica

Bombas à Roda D’água são acionadas apenas com a força da água que movimenta a Roda e seu simples mecanismo.

Pouca água para funcionar

A Roda D’água possui uma característica única, é o único tipo de rotor hidráulico que necessita de pouquíssima água para seu acionamento, isso deve-se ao fato dela trabalhar com o princípio da alavanca, utiliza-se apenas a altura de queda e do volume de água já disponíveis na propriedade rural. Quanto maior o diâmetro da Roda menos água é preciso para acioná-la, com um volume um pouco maior de água pode-se utilizar Rodas de diâmetros menores e com isso se tem mais rotação aumentando a água bombeada pelo equipamento.

Energia limpa e renovável

A utilização de uma Bomba acionada à Roda D’água não envolve custos de energia elétrica e nem de combustíveis fósseis, isso traduz em duas grandes vantagens, redução na conta de energia elétrica e por ser uma solução de bombeamento totalmente limpa e sustentável.

Baixíssima manutenção

A manutenção preventiva da Bomba é muito básica, consiste em apenas dois aspectos, a lubrificação onde se troca o Óleo a cada quatro meses, o engraxamento do Mancal a cada seis meses e a vedação dos Pistões a cada 12 meses. (Conheça a vedação de última geração RochPack®: clique aqui e saiba mais.)

Confiável e durável

As Bombas à Roda D’água desde sua invenção pela ROCHFER® traz consigo características de alta confiabilidade e durabilidade, adjetivos estes muito raros de ser encontrados em equipamentos de hoje em dia no mercado, a ROCHFER® jamais abriu mão desses princípios e produz Bombas com projetos e materiais de alta tecnologia e resistência, os produtos duram por décadas a fio e com mínimo de manutenção possível.

Dispensa mão de obra especializada

Por ser um equipamento de mecânica simples e não possuir componentes eletrônicos seu manuseio pode ser feito por qualquer pessoa com conhecimentos básicos, sem ter que pagar por técnicos em elétrica, que podem sair muito caros como acontece quando se utiliza bombas elétricas.

E aí? Pronto para tornar sua propriedade rural auto-suficiente em abastecimento de água e sem gastar com energia elétrica?

Forte abraço e não se esqueça, a natureza é nosso maior patrimônio.

 

Equipe Canal Bombas®.

 

2018-12-12T11:08:30+00:005 de novembro de 2018|Artigos|